Pages

domingo, 19 de maio de 2013

Voa passarinho






Deixa eu te contar uma coisa poeta, por deus nosso senhor, deixe de coisa dizendo que ela foi embora noite passada deixando o cheiro no travesseiro que tu vai acordar na calada da madrugada olhando pra luz na estrada imaginando que ela vai voltar. Passarinho foi criado pra voar, quem é do mundo não se encaixa em uma casinha com uma rede pra levantar os pés, com um rio correndo ao lado, deixe de chorar meu poeta, enxugue essas lagrimas, pegue sua sanfona e saia por esse mundo cantando que quem não tem saudade não tem nada na vida.

                                                                                                                                       S.Menezes

1 comentários:

Mariana Véras disse...

Meu orgulho! Lindo demais Sandy Menezes.

Postar um comentário